A SEGURANÇA DO PACIENTE COMO PRIORIDADE ESTRATÉGICA FALE CONOSCO


Informes PBSP

MAIS UM ANO DE PARCERIA continue lendo

NOTIFIQUE AQUI OS INCIDENTES continue lendo

Benefícios da mobilização precoce na UTI continue lendo

mais informes

Patrocínio


Protocolo de Identificação Precoce da Sepse Grave

O Programa Brasileiro de Segurança do Paciente definirou os padrões operacionais para o Protocolo de Identificação Precoce da Sepse Grave e Choque Séptico, contemplando as três primeiras horas de atendimento. 

O reconhecimento precoce da sepse e a aplicação das práticas recomendadas em tempo hábil é um desafio para a grande maioria dos hospitais em território nacional. Algumas das principais fragilidades identificadas no cenário atual são déficit de conhecimento e a falta de autonomia da equipe multiprofissional em iniciar as medidas básicas para suporte e diagnóstico do paciente. 

O Programa Brasileiro de Segurança do Paciente acredita que o caminho para alcançar melhores resultados no manejo da sepse passa, obrigatoriamente, pela sensibilização e capacitação de todos os profissionais da equipe assistencial para o reconhecimento precoce dos sinais clínicos sugestivos dessa condição. Dessa forma, o protocolo é destinado a aplicação em todas as unidades assistenciais de uma instituição hospitalar, sendo recomendado o treinamento de todos os profissionais envolvidos para que a efetividade desejada seja alcançada.


Envie seu comentário, dúvidas ou elogios sobre esta página:
Atenção: é necessário estar conectado para comentar.
Não há nenhum comentário nesta página. Seja o primeiro a comentar!